Publicado em: 2018-07-05 13:47:47
Greve de caminhoneiro faz Fenabrave cortar previsão de venda de carros
Três meses depois de elevar a projeção de vendas para o ano a Fenabrave reduziu a expectativa de crescimento do mercado de automóveis e comerciais leves.

Três meses depois de elevar a projeção de vendas para o ano, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos (Fenabrave), reduziu a expectativa de crescimento do mercado de automóveis e comerciais leves. A entidade que representa os revendedores de veículos em todo o país calcula agora a venda de 2,38 milhões de carros e comerciais leves em 2018, um aumento de 9,7% em comparação com todo o ano passado.

A projeção anterior, divulgada em abril, indicava crescimento de 13%, com 2,45 milhões de veículos leves. O quadro, no entanto, é oposto no segmento de caminhões, ainda impulsionado pelo crescimento de vendas de modelos extra pesados, resultado da ainda forte demanda no agronegócio. A nova projeção é de alta de 24,8% este ano na comparação com 2017, num total de 65 mil unidades. A previsão anterior indicava 57,4 mil veículos, o que representaria um crescimento de 10,3%

Tags Relacionadas
: Fenabrave